A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

terça-feira, 28 de junho de 2011

Luane



Sabe, este ano em quem muitos dos meus amigos estão chegando como eu aos 30 anos, teve uma Balzaquiana que eu acabei esquecendo de mencionar aqui: Luane. Seu aniversário foi a 2 meses atrás, no dia que minha gatinha Alícia faleceu, que acredito que seja por isso que eu tenha esquecido.

Bem, eu estudei o 2º grau junto com ela e Liliane no Centro Interescolar Santos Dumont (atualmente Escola Santos Dumont) e foram as primeiras amigas que realmente eu tive nesta vida. Isso porque na época eu era muito tímido em relação ao sexo oposto (e ainda sou um pouco) e graças a elas que eu perdi um pouco deste receio.

Lembro que foi uma época muito boa, em que ainda estávamos aprendendo a viver e convivendo com as nossas diferenças, mesmo que as vezes isso não era o que acontecia, he, he, he... mas no fim tudo se entendia. Agora mais maduro, percebo o quanto fui injusto com ela em certos pontos por não respeitar sua formar de pensar, mesmo que não aceitasse para mim. É triste que só percebi isso quando passei pela mesma situação com os colegas de curso ao meu respeito.

Hoje a gente mal se ver, quase não encontro nem na UFPE. Mas eu sei que no seu coração sempre terá espaço para mim e nunca dará as costas ou faltará no momento que mais preciso. Por essas e outras que dedico esta postagem para minha amiga mais fiel, que tudo de aconteça na sua a vida e que me perdoe por demorado 2 meses para escrever sobre você e seu aniversário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hei! Cuidado com que você vai comentar...
Posso também vomitar na sua cara, infeliz!!!

Outros Trecos...