A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Natalie Portman


Natalie Portman e seu sorriso encantador.

Sabe quando você se sente que poderia ter feito muito mais na vida, que tinha tudo para ser bem melhor do que é hoje? Pois bem, é assim que sinto toda vez que vejo falar dessa linda menina da foto ao lado. Ela nasceu na cidade de Jerusalém em Israel pelo nome de Natalie Hershlag. Ao três anos sua família se mudou para os Estados Unidos. Desde pequena pratica balé e fala fluentemente várias línguas. Estudou em Harvard e também na Universidade Hebraica de Jerusalém.

Natalie Portman (como é conhecida artisticamente) começou a atuar aos 12 anos no filme Léon (O Profissional no Brasil), em que interpreta uma adolescente que tem uma família problemática e para proteger, pede ajuda para um vizinho que se trata de um assassino profissional. O interessante que já vi mais ou menos esse filme e nem sabia que a adolescente era ela, só descobri este ano. Bem... Oficialmente para mim, a 1ª vez que a vi foi na nova trilogia de Star Wars, quando junto com o meu irmão fui assistir o 1º episódio nos cinemas. Isso já faz uns 12 anos, mas me lembro muito bem que fiquei apaixonado pelo seu olhar hipnótico, que se pode ver muito bem nas fotos desta postagem.

Natalie também é de 1981. 

Particularmente não é o meu biotipo favorito de mulher que eu costumo admirar, porém ela tem um tipo de beleza tão única que é impossível descrever totalmente... Uma beleza não sexual, como se fosse deslumbrar a beleza de um pôr do Sol, onde a gente consegue ver a magnitude de Deus. É mas ou menos o que sinto quando olho para Natalie. Essa garota tem a mesma idade que eu (tirando alguns meses) e por é isso que comecei esta postagem com aquele comentário melancólico de que devia ter feito mais coisas na vida, pois enquanto eu vegetava, ela atuava, estudava, ganhava prêmios... É um misto de admiração, inveja e frustração que eu tenho por ela.

Todavia já tendo consciência disso agora e acho que ainda tenho tempo para reverter este quadro... Na verdade vejo que certas coisas na vida em que acreditava sempre estive correto, mas faltava coragem de seguir. Hoje pago um preço muito alto pela a minha covardia, afinal não se pode voltar atrás ao tempo que já passou.

Vendo Portman brilhando nos seus sucessos, ganhamos prêmios, percebo cada um de nós tem seu brilho e se é ofuscado pelos outros é porque a gente assim deixou desejar... e pelo jeito ela no seu caso não deixou. Essa postagem eu fiz em homenagem ao seu aniversário, que é hoje. De tantos filmes que vi este ano como Cisne Negro, Amor Sem Compromisso e Thor, achei por certo falar sobre ela também neste dia, já que agora descobrir que sou tão seu fã, mas nunca parei para perceber. Enfim, aqui é uma singela homenagem de um ilustre ninguém da mesma geração que sonha um dia ser alguém ainda nessa vida. Pois é... Ainda tenho esperanças... Ainda... Feliz aniversário Natalie!!

2 comentários:

  1. É mais ou menos o que eu sinto só que em relação à também atriz Jennifer Connelly!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ha, ha, ha... Pois é... Na época que escrevi isso foi numa época que estava meio triste com a minha vida por ter chegado aos 30 anos e continua ela uma b0st@!!

      Hoje 5 anos depois penso que estou melhor: aceitei a minha condição errante e tento reverter no que posso. Afinal, a vida continua...

      Excluir

Hei! Cuidado com que você vai comentar...
Posso também vomitar na sua cara, infeliz!!!

Outros Trecos...