A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

quarta-feira, 28 de março de 2012

Aniversário de Vovô (98 anos)


Neste último Sábado fui para o Caxitoré, cidade que fica no inteiror do Ceará, para comemorar junto com o meu pai o aniversário do meu avô, como se fosse "O Encontro dos Lobos".


Ele quase centenário, recebeu parte de seus filhos e alguns netos (onde me incluo) para celebração. Nunca tinha participado antes e isso me deixava profundamente triste... então, desta vez, não deixaria passar em branco. Tanto que acabei fazendo este vídeo abaixo no momento do parabéns (isso já está virando tradição...)


Pelo jeito neste vídeo meu avô não aparenta está muito feliz mesmo com essa comemoração. Também ter que carregar quase um século nas costas não é pra qualquer um. Eu mesmo com os meus 31 anos já me sinto muito cansado e sem o mesmo "pique" que tinha dos meus 17. Se não melhorar, não chego nem a metade da idade dele. De qualquer forma chegar essa idade para mim já uma vitória que espero um dia também ter.


Sabe, nestes dias junto com ele, eu aprendi que a vida é muito breve para a gente perder tempo com futilidades. Por mais independencia que podemos ter, quando a gente envelhecemos, cada vez mais precisamos de ajuda de terceiros. Sem contar que a vida é muito triste quando se decidi seguir com ela sozinho.

Familiares, amigos... sempre são importantes nas nossas vidas. E é por isso que eu quero dá mais atenção para o meu tempo agora, agradecer por está vivo e a todos que ajudam a construir a minha história, coisa que raramente eu faço... e também comtemplar a beleza desse mundo que nesses tempos de extrema correria, poucos o fazem.

E claro, se tem uma pessoa que ajudou a construi a minha história mesmo que distante foi o meu avô. Apesar de ter sido uma visita breve, penso em daqui um mês passar uma temporada junto com ele, pois está precisando muito de companhia. Eu não quero repeti o mesmo descaso que fiz com a minha falecida avó, mãe de minha mãe. Quero mesmo é recuperar o tempo perdido.

Parabéns Vovô!! Tudo de bom para você!!!

quinta-feira, 22 de março de 2012

Dia Mundial da Água



Hoje é um dia que se fala de um assunto muito importante, mas poucos são para pensar: Água.

Nós, seres humanos como os demais outros seres, precisamos dela para poder sobreviver. Sem ela, a vida como conhecemos hoje seria invíavel, pois se precisa mais de água do que qualquer outra coisa, até mais que comida.

Água é vital para que age a vida no nosso planeta.

É uma pena que a maioria da população não conscientização de preservar este bem tão precioso que pouco a pouco está se perdendo. É comum as pessoas gastarem muita água em lava jatos, banhos entre outros, de forma que fosse eterna, o que não é verdade.

Entretanto, alguém pode dizer: "A quantidade de água é a mesma desde sempre, isso nunca mudou". É, porém a água limpa, aquela ideal para beber, está acabando. Estão poluindo os rios e tratamento para recuperá-la é muito caro. Do jeito que está indo, eu fico com medo do futuro do Brasil, pois como 2º lugar com água limpa no mundo, as nações estrangeiras irão crescer olho num futuro não tão distante. A quem diga que seja o principal motivo de uma possível 3ª Guerra Mundial. Eu não duvido nada...

Por isso devemos cuidar enquanto ainda dá tempo... para que depois não temos o que lamentar e condenar a vida das próximas gerações que virão aqui na Terra. Vamos economizar!!!

terça-feira, 20 de março de 2012

Homem de Ferro



Bem... eu já tinha assistindo no cinema, entretanto como na época eu ainda não escrevia sobre filme por aqui, resolvi aproveitar que passou na tevê para comentar. Não sou muito fã de quadrinhos americanos e pouco sei sobre eles, entretanto sei a importancia que representa a cultura dos jovens de hoje, o que por curiosidade fez me interessar.

O protagonista é o milonário empresário e cientista Tony Stark, dono da industrias Stark herdada pelo seu pai. Com seu intelecto, construiu um império armamentista. Numa visita no Afeganistão para demostrar o seu novo míssil chamado "Jericho", Tony acaba ferido e sendo sequestrado por terroristas locais que costuma roubar o seu arsenal. Forçado a construir uma arma igual, o magnata finge em colaborar, mas na verdade tenta é arranjar o modo de escapar do cativeiro com vida. Com ajuda de outro prisioneiro, ele constroi uma armadura de ferro e consegue este feito.

Assim que é resgatado, decidi que as industrias Stark não vai mais produzir armas, o que cria alvoroso em toda mídia, os acionistas e principalmente em Obadiah Stane, um velho amigo de seu pai. Vendo a ideia da armadura boa, resolve aprimorar-la, criando assim o Homem de Ferro que nós conhecemos. E a história é mais ou menos assim: A construção da armadura e o "olho gordo" sobre o projeto de Tony de onde menos se espera. Gostei muito e os efeitos especiais são muito bem feitos. Quem diria que teríamos histórias de personagens em quadrinhos tão bem contadas na 7ª arte? Se fosse dito isso para alguém no início dos anos 90, com certeza diria que é um delírio ou utopia.

Vale lembrar que Homem de Ferro foi o 1º filme da Marvel a comentar sobre o projeto dos Vingadores, uma grande história de um grupo que envolverá Capitão América, Thor entre outros. Sua estreia nos cinemas está prevista para o mês que vem, estou muito ansioso para assistir!

quarta-feira, 7 de março de 2012

Fascinação



Nesta semana essa novela terminou a sua 2ª reprise na tevê. Ela passou originalmente em 1998 e novamente em 2004. Não tinha visto nenhuma das 2 vezes que passou e desta vez resolvi assisti (mesmo que parcialmente).

O autor dela á Walcy Carrasco: Aquele mesmo que fez um monte de novela na época na Globo que fez um tremendo sucesso. Pois é, ele antes trabalhou na SBT (afinal, o canal do Plim Plim só que os diamantes lapidados, esperta ela).

A novela conta a história de Clara: Uma menina pobre, mas muito esforçada. Estudou no colégio de freiras e tinha acabado de se formar. Na formatura, conhece Eduardo, a quem se apaixona e posteriormente se entrega. O problema é que Eduardo pertence a uma família de grande prestígio e sua mãe, Melânia, não ver com bons olhos esse relacionamento e assim, fazendo de tudo para acabar com romance. E se não bastasse isso, Clara fica grávida de Eduardo e o próprio não acredita por influência da mãe. Desolada, a garota ainda é rejeitada pelo pai e tratada com desprezo por todos em sua volta.

Podendo contar com ninguém a não ser com o padre, Clara acaba por golpe do destino indo para um prostíbulo, a princípio sendo garçonete do local e posteriomente prostituta. Acaba sendo vítima de um Cafajeste de nome Alexandre, que por sinal foi ele que fez Clara desentender com Eduardo a mando de Melânia. E falando em Eduardo, ô cara mais idiota!? Nunca vi o mocinho de uma trama tão estúpido... fico até quase o finalzinho da novela duvidando da inocência de Clara. E ela também não fica atrás: Mendigando um amor que era constantamente menosprezado, parecia até a história de uma pessoa que eu conheço... enfim, depois de muitas dores, perca e recuperação do filho, ela consegue ser feliz ao lado do tapado que a ama... que bonitinho! Originalmente essa novela seria exibida no México, mas o homem do Baú resolveu passar no Brasil mesmo.

Sinceramente, nunca vi uma protagonista sofrer tanto como essa de Regiane Alves (a atriz que faz a personagem). Talvez seja por isso que ela depois só fez umas vilãs chatas e bem malvadas (mentira, fez boazinhas novamente) para compensar o que sofre nesta novela. Como é de costume, meu pai logo foi acompanha-la, pois ele gosta muito de histórias de épocas (sendo de Walcyr Carrasco, então...) e saberia que isso iria acontecer. Eu gostei da novela... não é a toa que estou escrevendo aqui, he, he, he... muito boa!

Outros Trecos...