A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Scarlett Johansson



Hoje uma data especial, pois umas talentosas atrizes faz aniversário. Na verdade o seu talento estar mais no que receia o seu sutiã: Scarlett Johansson. Tá, vou admitir que ela talentosa, porém poderia ter arte drámatica de uma pedra que seria fã do mesmo jeito, he, he, he...

O primeiro filme que eu vi dela (pelo menos acredito que seja) foi Ponto Final, onde ela aparecia como uma gostosa capaz de acabar com um casamento de um mané em acessão (que de mané não tinha nada, veja o filme e saiba o porquê). Depois disso, tudo que é filme que ela aparecia eu via, ou melhor, quase todos. Um dos mais interessantes é os que ela aparece como Viúva Negra, personagem de quadrinhos da Marvel.

Ela aquela atriz que só de olhar você fica apaixonado (com lípido a flor da pele). Espero algum dia encontrar alguém com o décimo de beleza que Scarlett tem. Estaria por mais que satisfeito... Modesto!? Eu?? Que nada... A gostosura dessa galega é tanta que para uma mulher esse pouquinho já tava mais que suficiente, he, he, he... O problema agora é achar.

Parabéns Scarlett!!

terça-feira, 12 de novembro de 2013

20 Anos de UFC


Já faz uns dias que comprei a REVISTA VIP das 100 mais Sexys. Entretanto o que chamou mais atenção nela foi a reportagem dos 20 anos de UFC onde a 1ª edição aconteceu nesse mesmo dia em 1993. Lembro como se fosse ontem quando meu pai em 1994 pegou o VHS da locadora e colocou para a gente ver. Royce Grace botando moral nos gringos, muito massa. Algo que ficou bem gravado na memória da minha adolescência.

20 anos: parece que foi ontem
Naquele tempo o evento lembrava muito o vale tudo, não tinha esse monte de regra e esse gramor todo que tem nos dias de hoje. A ideia do evento foi do irmão Royce, Rorion Grace, para mostrar a supremacia do Jiu-jítsu em relação as outras Artes Marciais. Os estrangeiros ficaram surpresos e por um bom tempo isso foi uma boa mídia para família Gracie e o Brasil, mostrando que aqui não é somente capoeira.

Eu gostava na época, mas como tempo perdi o interesse. Só voltou em 2011, quando teve aquela luta de Anderson Silva com o Japa que foi no Rio. Nela deu para perceber como mudou e muito. Parece outro tipo Boxe, bem longe daquilo que Rorion imaginou. Não é a toa que na quarta edição ele e todo clã dos Gracie foram embora do evento, não tinha mais sentidos pra eles.

Outros Trecos...