A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

quarta-feira, 19 de março de 2014

Mari Alexandre


Mesmo agora quarentona, Mari continua apetitosa!!

Hoje para muitos é um dia comum, mas não para mim. Isso porque hoje uma mulher que sempre teve seu lugar especial nos meus desejos mais profundos está fazendo aniversário... e não é um aniversário qualquer, pois se trata do seu quadragésimo aniversário: Mari Alexandre.

Apresentada como namorada do hoje falecido Leandro (da dupla Leandro e Leonardo), Mari já estreou nua na capa da Playboy de Abril de 1992. Lembro que eu estava com 11 anos quando na velha banca do Tony tinha aquela revista lá no alto com a deliciosa loira na capa exibindo o seu belo busto para ninguém colocar defeito. E como eu com essa tenra idade já era tarado por peitos, é fácil de imaginar o meu sorriso de orelha a orelha na ocasião.

Além deste histórico ensaio (que graças aos sebos eu tenho, hi, hi, hi...), Mari posou novamente, só que desta vez na revista Sexy 2 anos depois. Também lembro de ver essa capa na mesma banca, também ela estava exibido na capa o seu belo busto e também fiquei de sorriso de orelha a orelha (e também tenho graças ao sebo).

E falando em Sexy, ela posou várias vezes (umas sete se não me engano) sendo recordista de vendas. E eu é claro tenho todas, ha, ha, ha... Desde de ensaios comuns, especiais, posters e vídeos. Acho que tenho quase tudo. Interessante é ver a moça toda menininha se transformar num mulherão, pois a cada ensaio ela estava cada vez melhor, assim como o vinho. Massa é que em alguns tinha entrevista com a própria e a gente ficava sabendo de algumas curiosidades um pouco intimas ao seu respeito. Como por exemplo o caso do cara que teve uma ejaculação precoce só de tocar no seus seios desnudos. Fico pensando que se tivesse a mesma oportunidade com certeza aconteceria a mesma coisa, ha, ha, ha... Ter essas revistas são como relíquias, material especial de um tempo que não volta mais. Banheira do Gugu, biquíni de cima saindo... Que maravilha!!

Posso dizer sem erro que Mari reinou absoluta numa época em que para o brasileiro não era muito comum gostar de peitos, visto que a preferência nacional era (e ainda é) bunda. Eu mesmo sentia deslocado por ser contra a maioria. E por serem naturais, seu valor triplicou na fase das siliconadas que se iniciou no final dos anos 90. É uma pena que ela foi muito criticada (pelas mulheres, principalmente) por se promover através do corpo, mas ora: ela não tem culpa de ter um corpo perfeito e desejado por vários homens. Tinha que aproveitar mesmo... Fico pensando se na época atual do "politicamente correto" que vivemos hoje em dia, Mari teria o mesmo sucesso como foi no fim do século passado. Acho que não... Além de que, vivemos em outra era, a era da Internet, onde tudo é mais acessível do que antes, em que a informação era mais por mídia física.

Enfim, essa aqui é uma pequena homenagem pra essa deliciosa mãe que é uma das mulheres mais apetitosa que o Brasil já teve. Para alguns ela é apenas uma chorona boazuda da primeira Casa Dos Artistas, para outros uma "nudelo" que só fez sucesso graças ao corpo e namorico com gente famosa... Mas pra mim, foi uma das minhas favoritas garotas de corpo escultural. Se achasse uma que tivesse o milésimo da beleza e formosura que a Marilei Regina Alexandre, seria para mim a mesma coisa que ganhar na loteria.

Parabéns Mari: parabéns pelos seus 40 anos humilhando muitas de 20!!

Um comentário:

Hei! Cuidado com que você vai comentar...
Posso também vomitar na sua cara, infeliz!!!

Outros Trecos...