A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

domingo, 30 de novembro de 2008

Feira Japonesa do Recife


Hoje foi dia da Feira Japonesa do Recife, que acontece todo ano no último domingo de Novembro. Foi a 12° edição, sendo a 6ª que participo. O tema foi os 100 anos da imigração japonesa ao Brasil, como não poderia deixar ser neste ano. Também foi comemorado os 50 anos emigração japa em Pernambuco.

XII Feira Japonesa do Recife: Centenário da Imigração (1908-2008)

Hum... Não teve muita novidade, sempre a mesma coisa. A única coisa boa é que este ano eu estava com a câmera da minha irmã e tirei um montão de fotos como essa aí. Ainda fico perguntando como foi que ela emprestou, he, he, he... Lá tirei fotos das pessoas fantasiadas ou não, dos quiosques, dos eventos e principalmente dos meus amigos. Foi um dia muito bom e que finalmente guardei de recordação em imagens. Só não deu para fazer vídeos porque a chata da minha irmã não deixou em hipótese alguma fazer outra coisa além de tirar fotos. Tudo bem... ano que vem eu faço.

E quem sabe seja com uma câmera minha? He, he, he... Tomara!

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Minha obra de arte, he, he, he...



Hoje eu em entrego a minha releitura de modelagem do trabalho de Pesquisa e Criação com Argila... quero dizer: A minha tentativa de releitura, he, he, he... pois sinceramente está horrível!!! Espero que a professora nunca leia este blog.

Confesso que não dediquei o máximo, comparando com os outros alunos, que parece está anos luz na minha frente... fico até com vergonha! Todavia foi o meu limite, não consegui melhorar o meu trabalho e nem tenho tempo para isso. Espero que Suely, que é o nome da minha professora, tenha misericórdia e me passe, nem que seja por pena, hi, hi, hi...

Ah! Quase ía esquecendo: Esta releitura é baseada na obra "Coluna Quebrada" de Frida Kahlo. Se perceber bem, a imagem da original está logo atrás do meu trabalho. Escolhi esta obra por gostar muito dela e por senti assim (de forma espiritualmente) perante a vida.

Na minha versão, Frida consegue se libertar da coluna que a atormentava e voa livre graças a suas sombracelhas transformadas em asas. Nota-se que a coluna agora está na sua mão.

Ideia ótima para um trabalho mais ou menos...

terça-feira, 25 de novembro de 2008

O Destino de um gatinho...


Hoje, antes de ir para aula, deparei-me com um pequenho felino muito magrinho que fez ficar com muita emoção: Ele se parecia com o falecido Baltazar.

Tava sem rumo e miando tanto... bem que queria levar-lo para casa. Mas com 7 (!?) gatos agora, não tem como. Ele tava no meio da rua e correndo risco de ser atropelado... ai! Não quero nem pensar... tentei deixar-lo num lugar mais seguro e vi que já tinha outras pessoas se preocupando com ele. Vendo a sua solidão percebo como nós, humanos reclamamos demais. O destino deixo-me pra baixo a tarde toda... sem pai e nem mãe, o gatinho agora terá que contar com ele mesmo, pois senão, morrerá... que vergonha para mim!

Só espero que com ele não tenha acontecido nada de grave no lugar onde deixei. Isto porque não o encontrei mais quando voltei mais tarde. Espero que tenha encontrado o que estava procurando...

E que Deus o proteja.

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Ewa Farna


Novinha, mas com um baita talento!!

Hoje, fuçando o meu canal do YouTube, dei uma olhada nos vídeos que tinha colocado como favorito e deparei com um que não te visto direito: o de Ewa Farna, cantora tcheca que tem origem polonesa.

Ela canta muito bem e tem músicas legais, apesar de não entender nada de que ela fala... mas isso não é problema. Afinal, também ouço muitas músicas em inglês e também não entendo nada!? Então isso definitivamente não é problema, he, he, he... sem contar que sua voz, que é ótima, é compatível com sua beleza.

É só olhar para a foto ao lado para comprovar.

E pensar que ela nasceu em 12/03/1993?!... Como ela é bem novinha!! Ou será que sou eu que estou ficando velho??? É mais provável que seja a segunda opção... Não vou pensar nisso, não agora...

He, he, he... com certeza se ela fosse divulgada no Brasil, com certeza faria um sucesso tremendo!!! É um pena que teria alguns preconceituosos que diria que a língua dela não é "comerciável". Duvido nada que no futuro remoto, ela acabe lançando um CD em versão em inglês para agradar este tipo de gente. Só que prefiro na língua dela, que nem sei qual é, pois como eu já disse anteriormente: não entendo nada mesmo!

domingo, 23 de novembro de 2008

Um momento de mutação


Fico pensando quando tempo irei demorar para mudar os meus vícios, as minhas manias... percebo que as pessoas estão se distanciando de mim... e eu também. O mundo é cheio de manias, de convenções... e as vezes ele obriga a querer ser como ele. Por tomar a posição de não mudar, sofro consequências terríveis...

Talvez será a hora de me conformar e seguir como outros fazem?
Não!!! Tenho que lutar!! Mesmo que tudo pareça que não vai mais dá em nada, eu sou a pessoa para mudar esta realidade... eu sempre soube!!! Tenho que ter fé... e acho que a mutação quer me mostrar é isso.

Bem... chega de achar!!!!!

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Ellen Rocche na "Morgação"!!



Bem... hoje encerra a participação da Musa Suprema na porcaria de novela chamada Malhação, um lixo total... e pensar já perdi tempo vendo aquilo!?

Ai, como tenho passado tenebroso...

Mas como disse antes, Ellen participou com toda sua beleza... fiquei até com vontade de ver este treco de novo, he, he, he... só por causa da Deusa das deusas, viu? Ellen vale por qualquer sacrifício.

Na novela, ela interpreta a personagem safadinha Juju, que na trama, vai ao estúdio de Tony ( não sei o nome do ator e nem quero saber...) para fazer uma tatuagem na coxa. Só que ao invés disso, Juju fica paquerando o tatuador. O problema é que ela é namorada de bandido muito perigoso ( e muito do feio, por sinal...) e aí, já viu, né?

Vou encerrar por aqui, pois não estou muito afim de fazer propaganda de novelinha besta que já devia ter acabado a muito tempo (dizeram que teria no máximo 3 anos, mas já faz 13 anos e ainda não acabou...). Na verdade, só estou registrando no meu blog para dizer que um dia teve a participação da Minha Deusa Suprema Ellen Rocche.

E isto, para mim, já é uma boa notícia e tanto!! He, he, he...

Novos gatinhos!!!!!


No momento das lembranças de velhos amigos, acabo recebendo a visita de novos: 5 gatinhos!!!!!

Agora são 7 gatos na minha casa!?! Caramba!!! O que um estrago pode fazer no trepada, nesse caso, uma cruzada, he, he, he... eu fico pensando que passar um mês segurando a minha gata Flora não serviu de nada! O que vou fazer com tanto bichano!? Sei lá... acho que deixarei como está, pelo menos por enquanto.

Será que algum deles será filho de Knut?

sábado, 15 de novembro de 2008

Meu ponto de mutação...


Hoje estou querendo que tudo mude, as pessoas, os amigos, a família... e eu mesmo! Estou cansando de tudo que vivi até agora, nada me faz querer esta vida que estou levando. O meu mundo vai mudar... estes próximos 6 meses terão muita importância para mim, pois eles decidirá finalmente o meu destino.

"Quando as pessoas mudam, o mundo muda com elas"

Não é o que dizem? Então quero acreditar nisso agora... está na hora de mudar, mudar, mudar... só não pode ficar na força do pensamento, não é? Boa vontade não vai fazer eu mudar.

terça-feira, 11 de novembro de 2008

1 ano sem Baltazar...



E como não bastasse, no dia seguinte perdi outro amigo: Baltazar. É totalmente estranho agora quando reflito como aquele dia foi horrível para mim.

Naquela manhã de Domingo, eu acordei ouvindo uns miados estranhos. Quando vi era o Baltazar cambaleando e logo todos da casa entraram em pânico: Fiz de tudo para salvar-lo, mas a única coisa que eu consegui foi com ele mordesse o meu dedo de tanta dor que estava sentindo.

E pensar que horas antes, ele assistiu Chumbinho agonizando quando eu, minha irmã e minha mãe tentávamos em vão não perde-lo. Agora pergunto porque diabos ele resolveu sai naquele dia!?!

Aquele fim de semana me deixou completamente abalado, nunca mais fui o mesmo depois dele. Tive 2 amigos que foram tirados de mim de forma muito cruel... não acredito que exista gente deste jeito para ter fazer tamanha maldade. E Baltazar era um gato especial: Talvez o felino mais bem resolvido que já conheci... não reclamava, comia certo e sempre ficava em casa. Foi o 1º e até agora único gato amarelo que eu já tive.

Pena que nem um ano inteiro fiquei com ele...

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

1 ano sem Chumbinho...



Ai... que saudade deste gatinho... já faz 1 ano sem ele, nem parece... vejo como se fosse ontem. É triste, pois sua partida não foi natural... sua vida foi tirada de forma avulsa, que me chocou bastante. O próprio veterinário que nos atendeu disse que foi envenenado.

Chumbinho, um dos meus melhores amigos felinos, nunca consegui esticar-lo todo como fazía com os outros gatos. Muito brincalhão, era capaz de brincar sozinho, e fazer um barulho engraçado e muito gostoso de ouvi.

O jeito que o encontrei foi meio que por acaso: Eu estava voltando para casa quando numa praça, estava ele ao lado de uma barraquinha de pastel. Fiz com que me seguisse até em casa e assim fiquei com ele.

Refletindo na sua existência, percebo que ele era feliz...

sábado, 8 de novembro de 2008

O que aconteceu com a minha família?


Uma foto como essa hoje em dia é impossível.

Sabe, as vezes eu olho para família... e acabo pensando: Por que é que deu de errado?? Vendo esta foto ao lado, percebo que talvez poderia ser diferente. Droga! Eu me culpo hoje por ter sido tão omisso com isso...

Talvez agora, seria 3 irmãos amigos... só que só existe agora é discórdia e rancor... Muito triste isso. Essa desunião custou muito caro para minha família e sinto que não sou um homem completo por ser isso um dos fatores que mais atormenta durante toda a minha existência. Teve até uma tentativa de reconciliação em 1997, sem sucesso. Só durou alguns meses.

Entretanto acho que já está na hora de viver a minha vida apenas, parar de me preocupar (demais) com o problema dos outros, pois acho que eles já são adultos a muito tempo para cada um resolver os seus...

Ao invés disso tenho que resolver mesmo são os meus, que já são grandes. Afinal, não depende só de mim, pois mesmo omisso eu fiz tudo que pode ser feito. Agora uma possível reconciliação só pode vim deles... será que nos tempos atuais, este momento que ficou registrado nessa foto, pode um dia acontecer novamente?

Um mundo perdido...


Se o planeta Terra fosse um ser vivo, eu seria um câncer.

Eu fico pensando quando tempo gastarei para mudar o meio jeito de ser... pois percebo que o meu mundo está morrendo, não estou vivendo e ele está passando... Que droga! A minha vida está uma porcaria!!!

Mas não tem jeito, pois fico repetindo as mesmas coisa... até as postagens!?! Não duvide que irei escrever reclamando da vida de novo e de novo... Fico pensando se, enquanto estiver sentido assim, a melhor coisa a fazer seria ficar longe do blog.

No momento de desespero, sempre esqueço as palavras de Ana Mae quando ela disse no ArteCiência que "são nossas derrotas que a gente aprende muito mais". Só que no meu caso, toda vez falho, fico me sentido deprimido muito ao ponto de não ter vontade de fazer nada.

Também acho que estou desse jeito por sempre ficar com receio dos outros criticar as minha atitudes... Mas como um amigo já me disse uma vez que "a gente deve parar de se preocupar o que os outros pensam ao nosso respeito". Eu tento, mas é difícil...

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Léa Fabres



Nesses últimos anos não me vejo interessado em procurar músicos, cantores ou bandas que possa um dia escutar... não sei, talvez seja porque a qualidade musical está muito em baixa. Todavia, existe apenas uma cantora (não conhecida do público em geral) que ultimamente estou gostando: Seu nome é Léa Fabres.

Ela é uma devota de Krishna que tem uma voz muito linda e suave.

E foi num templo Hare que comecei a ouvi falar a seu respeito e escuta-la pela 1° vez. Foi com a música que se chama Jagannatha Swami. O nome é assim mesmo, pois se trata de sânscrito, uma língua morta lá da Índia e todo disco é cantada nesse idioma. Esta música está no CD Transcendance.

Gostaria de achar o CD para comprar, mas infelizmente não encontro em lugar algum. O máximo que consegui foi pegar emprestado uma cópia de um amigo que agora não sei onde está, pois acabei perdendo, he, he, he... sorte que logo após encontrei um site que as músicas do CD para baixar e tenho elas até hoje.

Léa também tem outro CD chamado Mantra Puja, só que nele ela assina como Lila Shakti, o seu nome espiritual. Quem tiver oportunidade de conhecer esses 2 trabalhos não se arrependerá pois são ótimos, vale a pena!


domingo, 2 de novembro de 2008

Morte ao amor!! (Eros)


Hoje no dia de Finados, nada mais justo que pedi a morte do amor. Ou melhor, exigir que ele morra! Maldito e miserável!! Só faz atrapalhar a vida da gente... seria tão bom que ele não existisse. Ele só estragou a minha vida e dos meus irmãos: um tinha a pessoa certa, mas não arranjava trabalho... enquanto o outro conseguiu trabalho, porém casou com quem não era a certa no momento e continuou não sendo! Eita, que dedo podre...

É isso que o filho de Afrodite merece...

E comigo ele fez o pior estrago, tirou a possibilidade de amar alguém... ou de pelo menos amar uma, já que estou entre duas: uma que ultimamente me despreza e outra que ainda está envolvido com outra pessoa. Pensando bem acho que estas são as principais... pois acredito que ainda tenha mais uma... e também outra duas, além de mais de 100!?! Isso sem contar com uma do passado... e outra de um passado ainda mais antigo. Meu irmão mais velho já comentou de tomar cuidado de ficar desejando todas, pois acaba ficando é com nenhuma.

O lance é o seguinte: é aceitar definitivamente que eu não amo ninguém e que esta é a minha sina, essas coisas pelo jeito não é pra mim. Nem ligo o que os que outros vão pensar, não vou entrar numa dessa se não tiver 100% de certeza... sou exigente mesmo e vou morrer assim! O mundo é muito maior que isso, devo pensar que meu objetivo seja outro.

PRONTO, FALEI!!!

Outros Trecos...