A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

terça-feira, 11 de novembro de 2008

1 ano sem Baltazar...



E como não bastasse, no dia seguinte perdi outro amigo: Baltazar. É totalmente estranho agora quando reflito como aquele dia foi horrível para mim.

Naquela manhã de Domingo, eu acordei ouvindo uns miados estranhos. Quando vi era o Baltazar cambaleando e logo todos da casa entraram em pânico: Fiz de tudo para salvar-lo, mas a única coisa que eu consegui foi com ele mordesse o meu dedo de tanta dor que estava sentindo.

E pensar que horas antes, ele assistiu Chumbinho agonizando quando eu, minha irmã e minha mãe tentávamos em vão não perde-lo. Agora pergunto porque diabos ele resolveu sai naquele dia!?!

Aquele fim de semana me deixou completamente abalado, nunca mais fui o mesmo depois dele. Tive 2 amigos que foram tirados de mim de forma muito cruel... não acredito que exista gente deste jeito para ter fazer tamanha maldade. E Baltazar era um gato especial: Talvez o felino mais bem resolvido que já conheci... não reclamava, comia certo e sempre ficava em casa. Foi o 1º e até agora único gato amarelo que eu já tive.

Pena que nem um ano inteiro fiquei com ele...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hei! Cuidado com que você vai comentar...
Posso também vomitar na sua cara, infeliz!!!

Outros Trecos...