A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

sábado, 22 de dezembro de 2012

E o Mundo Não Acabou


Bem... Se estou escrevendo aqui é porque o mundo não acabou. Entretanto as postagens desse blog do ano chegaram ao final. Como é de notar postei muito pouco em 2012... Foi intencional. E a tendencia diminui mais ou então estabilizar. Isso porque quero focar em coisas que até então estavam esquecidas nos últimos anos: estudos, trabalhos e principalmente vida social.

E lá se foi 2012, um ano de desapego... Ultimamente estou tão feliz que chega até dar medo!! 

Nestes últimos foram os que menos sair de casa, fiquei em prisão domiciliar voluntaria. Acho que já passou da hora de voltar a ter uma vida normal e é isso que pretendo ter em 2013... Acho que vou deixar até o cabelo crescer novamente, he, he, he... Desta vez não desistirei de nada.

Agora com licença pois irei encontrar com alguém especial... Até o ano que vem!!!

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

De Volta ao CAC (agora definitivo)


Esse pessoal desta foto já deve está formado...

Pois é... depois de muuuuiiito tempo, volto para a Federal, a Universidade Federal de Pernambuco. E olha que já voltei faltando aulas. Este ano tinha decidido que voltaria a estudar, só que por problemas na biblioteca não pude me matricular no 1º semestre. Então tranquei e esperei o semestre passar para assim entrar no próximo...

E cadê que passava!?

A universidade entrou em greve junto com outras federais do país e eu tive que ficar em casa esperando. O pior que a universidade ficou parada por tanto tempo... para nada!!

A nossa "querida" presidenta Dilma é dura na queda e não cedeu as exigências dos nosso professores, deixando a nossa educação sempre por último em importância (como se isso fosse novidade na política brasileira...), ou seja, tempo perdido para nada. Mas também a mídia não ajudou, não é interesse deles do Brasil melhorar no intelecto, fica difícil para depois manipular.

Então estou aqui, voltando depois de um longo tempo e vendo se ainda dá para salvar o meu curso. Salvar não, conseguir me formar, pois este curso não acrescentou muita coisa na minha vida. Tudo bem que quando entrei não esperava muita coisa, entretanto ele conseguiu me decepcionar ainda mais do que estava preparado ficar. Por isso, um conselho que faço para futuros alunos de artes de Pernambuco: Se seu interesse é fazer arte, faça em outro canto, estado ou até país... mas não faça na Federal, não vale a pena. Eu mesmo só vou terminar para não perder o que já fiz. Nem me importo se agora o meu currículo esteja todo ruim, o curso é ruim mesmo.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

100 Anos de Luiz Gonzaga


Luiz Gonzaga com sua roupa característica

Hoje Gonzagão faria 100 anos se tivesse vivo. Um dos grandes artistas do Brasil que as vezes é mencionado como mero artista regional...

Mas ele é muito maior que isso.

Luiz Gonzaga batalhou muito a onde chegou e mesmo assim não é tão valorizado quanto devia. Entretanto no centenário parece que está recebendo o seu verdadeiro valor. Neste ano teve muitas homenagens, desde escola de samba (que por sinal ganhou) a filme (que também assistir). Uns gostam de colocar a Bossa Nova como um dos maiores rítmos nacionais (só que porque os estrangeiros gostam), mas para mim o Banhão de Luiz Gonzaga é infinitamente superior àquelas músicas feitas por Jobin, Moraes e João Gilberto (este último é uma porcaria, na boa...), só não vê quem não quer.

No momento que vejo pessoas idolatrando ídolos de fora, como se a grama do vizinho sempre fosse a melhor e aqui só tivesse porcaria, dá um ódio tão grande que dá vontade meter cara de porrada desses manés para deixar de ser tão idiotas. Não sou contra gostar de artistas estrangeiros, pois até eu tenho os meus... sou contra essa babação exagerada que muitas vezes os ditos "cults" gostam de fazer.

Esta foi uma pequena homenagem minha para esse artista que contribuiu e MUITO para a história da música popular brasileira (este sim é o verdadeiro MPB). Que sua música seja lembrada para sempre.

Outros Trecos...