A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Festival de Nrsimhadeva


Domingo fui para Caruaru participar do Festival de Nrsimhadeva. A festa aconteceu na fazenda Nova Vraja Dhama, também conhecida agora como Ecovila. Foi muito bom pois já fazia quase 3 anos que não colocava os pés nesta fazenda, que por sinal, foi a única vez antes dessa.

Arte da entrada da casa da fazenda Nova Vraja Dhama.

Lembro que na outra vez o clima tava muito ruim, chovendo bastante... e como local é um lugar de proteção florestal, não tem estrada... ou seja, lama pra caramba!!! Ainda bem que agora o clima estava ótimo, podendo apreciar mais a paisagem... e tirar ótimas fotos e fazer belíssimos vídeos, he, he, he... eu fiz um monte!! Pena que a bateria da minha câmera no instante perdeu a carga. Olha um dos vídeos:


A frente da casa.

Agora esse negócio de Ecovila... Bem... eu sei que é um nome feioso, mas agora está assim. Talvez para aproveitar essa nova onda, um pouco atrasada vale lembrar, da sociedade em cuidar do meio ambiente. Se isso ajudar a crescer o local, que seja!

Mas voltando ao festival, vi que estava muito bom, pois teve recitações de mantras, uns até que eu gosto, e também o conto da história de Nrsimhadeva e Prahlada Maharaj. Ela foi contada por Dhanvantari Swami, mas não gostei muito da versão dele... Nada contra esta grande alma, todavia prefiro a versão de um grande Devoto, que para minha infelicidade eu esqueci o nome dele. Quando souber o nome dele, eu coloco nos comentários.

E por falar neste Devoto, ele foi lembrando na festa, pois infelizmente há 2 anos tinha deixado este mundo no desastre horrível de carro, que nem cinzas permaneceu. Fiquei muito triste, ele era legal e muito inteligente. Aprendi muitas coisas com esta alma de Deus. Enfim, são coisas desta vida material que todas entidades vivas aqui presentes podem sofrer. O interessante é que um outro Devoto (que eu gosto muito) fez um texto de cordel em sua homenagem e declamou no dia. Esse Devoto também esqueci o nome... Êita memória ruim!? De qualquer forma o Devoto já tinha feito um livrinho de cordel sobre Nrsimhadeva, que por sinal eu tenho. Ele também declamou e infelizmente acabei não gravando... Como já falei antes, a bateria já tinha acabado no momento e fico apenas na memória.

Para finalizar, posso dizer que foi um Domingo muito bom, que mesmo estando cansando a boa parte do tempo, valeu a pena ter tentando ir de última hora, torcendo que uma vaga extra aparecesse nas "lotações" que iriam para lá. Pois é... Vendo esta postagem, a vaga apareceu, he, he, he... até a festa do ano que vem.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Twitpic


Ontem fiz meu Twitpic, depois de um tempo sabendo de sua existência. Na verdade, eu não fiz antes por pura preguiça... e agora resolvi fazer!! Ele é uma versão foto do Twitter. Não tenho certeza, mas parece ser do mesmo grupo. Quem tiver interesse de ver as minhas fotos, o endereço é este:


Não tem muito que falar, não é? Engraçado, antigamente tinha uma aversão dessas modas tecnológicas e agora tenho quase tudo... que ironia!! Enfim, por enquanto só coloquei fotos repetidas... mas quem sabe no futuro, coloque fotos inéditas?

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Laboratório do CAC


Bem... hoje como é de do meu costume, estou a utilizar um dos Laboratórios de Informática do CAC. E como é de se esperar, não é para fazer trabalho, he, he, he... e sim para ficar escrevendo no meu blog, ou seja, este aqui! Mas tirando a minha cara de pau rotineira, fico pensando porque dos laboratórios do CAC só vivem fechados... dá um ódio só!! Tudo bem se fosse para evitar pessoas como eu que fazem dele uma "Lan House pública", hi, hi, hi... e para os outros alunos sérios como dessa foto??? Como eles ficam?!


Tem horas que todos ficam inutilizados, sem está sendo usado para aula... ou mesmo ficam usando os laboratórios pequenos com um monte de estudantes lotando a sala, sem mesmo o grande está em uso. Ou então, vem um senhor de mal humor, que sempre se mandar antes do horário... ai de você tiver colocando vídeos ou fotos na internet quando quer embora. Aproveitando, lembro de uma vez que eu e o amigo fã de quadrinhos e animações japonesas ficamos até umas 10 ou 11 horas da noite. Teve uma hora que não tinha mais ninguém que veio o vigia que muito aborrecido e com razão, desligou tudo... eu fiquei sem ver nada!? Quá! Quá! Quá!

Tantas histórias nesse laboratórios que dava até para fazer um blog só sobre este lugar especial do CAC, que fico estranhando como ainda não tinha uma postagem sobre ele neste meu cantinho!? Mas voltando, acho que deviam deixar eles mais tempo abertos, pois nem todo mundo tem computador ou internet...

Inclusive eu!?!?!?!!?!

terça-feira, 25 de maio de 2010

Início da Minha Fortuna


O início do meu império, ha, ha, ha... Que coisa!! 

Este Domingo dei todo o dinheiro que tinha guardando desde do início do ano para o meu pai. Fiz isso porque ele falou que guardar moedas é errado, pois elas devem circularem para o governo não ter que precisar produzir outras mais. Concordo com ele, que o dinheiro deve circular para a economia acontecer...

Mas então... porque inventaram os cofrinhos?? Não tem como finalidade guardar moedinhas de troco para eventuais necessidades futuras?

Pelo menos fiquei com uma boa bolada em mãos. Quanto ao cofrinho, ele era da minha irmã, que tinha um igualzinho antes todo ferrado e hoje já foi para o lixo. E este aqui ela ganhou e nem usou. Nem me lembro direito o porquê, mas acabou me dando.

Eu também tinha um outro cofrinho, que também nem lembro como ganhei, que no início cheguei a guardar dinheiro... só que agora, só tem papel e outras tosqueiras nele. E como esse ainda tava novinho, resolvi fazer com ele o que tentei com outro, mas desistir no meio: Guardar moedinhas. Neste curto período, tive uma surpresa de quanta grana conseguir economizar. Fico pensando se tivesse feito isso a 10 anos, quanto dinheiro eu teria agora.


Mas nunca é tarde para começar... ficarei economizando mais moedinhas até ver este cofrinho todo pesado, he, he, he... Então, não estranhe se na sua localidade começar a faltar moedas de 1 Real.

Além do mais, o meu pai agora autorizou.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Uma Calourada Qualquer...


Nesta Sexta passada teve outra Calourada na UFPE. Foi a 1° calourada que teve na Área 2, onde tem os alunos mais problemáticos do campus, he, he, he... estudam feitos uns condenados. Eu mesmo conheço uma que só vive nervosa e se não tomar cuidado, pode fazer um estrago terrível se tiver com uma faca por perto.



Eu, que não tinha o que fazer, resolvi filmar os calouros, veteranos e os "arroz de festa". Com isso quis fazer uma pesquisa com os alunos universitários para saber como se comportam, como seguem este fluxo da sociedade e por aí vai. É interessante pois independente das gerações, as atitudes são sempre as mesmas: Beber até cair, jogar conversa fora ou querer aparecer para os outros.

É irônico que se limita somente a isso essas festas. Não sei, talvez viva numa realidade diferente, pois não consigo me adaptar a este tipo de vida. Reconheço no passado que até tinha inveja destas pessoas, por ser muito "preso" em casa por causa da educação, não vivia intensamente o universo da juventude. Porém, agora mais velho, percebo que não perdi muita coisa.

As pessoas tentam se afirmar perante os amigos, os outros, a sociedade. É como num filme que vive se repetindo ininterruptamente com nossos avós, nossos pais e agora conosco. E quem vai contra esta maré é logo tachado de louco, mané, doente, estranho... ou seja: Eu! Isso antigamente até já me frustou, porém hoje, nem vale pena se senti assim. Afinal, eu continuarei e essas pessoas serão logo representadas por seus filhos, netos, etc...

Pois gente assim nunca deixará de existir.

sábado, 22 de maio de 2010

Festival de Arte


Ontem terminou o 1° Festival de Arte da UFPE... e pelo jeito, talvez seja o único.


Isso porque ele foi muito mal divulgado, muito mal planejado e muitíssimo mal organizado. Deu até vergonha... e pânico.

Ele era no ínicio, um projeto que os alunos de Expressão Gráfica queriam bolar para Centro de Artes e Comunicações. Acontece que a PROACAD (Pró-Reitoria para Assuntos Acadêmicos) gostou tanto do projeto que resolveu fazer para toda universidade.

Só que o projeto foi boicotado pelos alunos, principalmente do CAC (Centro de Artes e Comunicações), por um evento na magnitude como este tenha sido criado sem informar a este Centro. Poucos foram os alunos que se inscreveram para o Festival.

E desses poucos, boa parte era os alunos de Artes Plásticas, em especial meus colegas. Deram um duro danado, compraram uma ideia que a princípio não era sua e teve que sacrificar aulas para poder comprar materiais do Festival que ironicamente ainda não tinha em plena semana do evento. Mas no final, tudo correu bem... até teve publico nos últimos dias. E eu soube que um dos meus amigos foi comteplado com um dos prêmios: Uma viagem para São Paulo para participar da Bienal de Artes. Ruim para quem não participou, inclusive eu! Espero que apesar do fiasco, este Festival seja um ínicio de uma tradição e seja mais planejado...

De preferência com 6 meses de antecedência, na próxima vez.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Relíquias do Buda



Bem... eu esqueci de mencionar aqui no blog das Relíquias do Buda, que mais ou menos há 2 semanas esteve no Recife e eu visitei. Um evento interessante, pena que eu fui sozinho... mas fazer o quê se os meus amigos não gostam dessas coisas. Além do mais, eu não chamei ninguém... era bem provável que não iriam mesmo.

A Exposição foi no Museu de Abolição, na Madalena. O legal é porque também nem conhecia este Museu, só de nome. Foi uma boa forma de conhecer uma novidade com outra novidade. Sempre passava na pista em frente ao Museu dentro do ônibus e nunca imaginava que era aquele prédio. Acho que foi por causa disso que foi tão difícil encontrar-lo. Tanto que passei por lugares escuros que cheguei por um momento até ficar com medo.


No inicio do evento tava bem chato, mas depois que apareceu o Lama Padma Santem, as coisas animaram um pouquinho. Sem contar que abriram as benditas Relíquias de Buda, para eu poder filmar e tirar fotos... que isso para mim foi o maior barato! Tinha tantas coisas que nem deu para registrar tudo de uma vez... tive que andar por lá umas 2 vezes.

Mas mesmo assim, ainda não deu para observar tudo... era tantos detalhes que para gravar na minha mente teria que visitar a exposição umas 2 ou 3 vezes. Pensei até ir em outro dia, pois elas ficaram em Recife num fim de semana e o dia que fui era na Sexta, porém resolvi fazer só uma visita mesmo. Só que o fato é que talvez seja a única vez que vejo estas relíquias nessa vida, pois elas serão guardadas de forma definitiva em um relicário no coração da estátua do Buda Maitréia, que está sendo construída em Kushinagar, Índia. Ou seja, quem não foi, perdeu!

Ainda bem que fiz o vídeo das relíquias:


Fiquei feliz por terem liberado para eu fazer os vídeos e fotos, pois no ínicio não era permitido.


Mas a melhor coisa foi ser abençoado pelo o escolhido, he, he, he... agora terei total domínio sobre esta realidade. Olha eu aí ainda carequinha na foto ao lado. Nunca pensei que cortaria o cabelo assim, enfim... a outra pessoa é uma monja, que também dava bênçãos.

Tinham várias denominações religiosas, inclusive cristãs... coisa muito rara para este tipo de evento. Tinha tanta gente que em alguns lugares nem dava para andar direito. É bom saber disso, pois assim sei que não sou apenas eu que gosto deste tipo de evento.

Também tinha uma outra monja, que é australiana. As cores de suas vestes eram muito bonitas: Uma roupa vinho com um amarelo bem forte. A ideia original era receber as bênçãos desta monja, porém no momento que eu fui, ela tinha saído.

Pelo menos, ela aparece no vídeo que eu fiz de Lama Padma Samten:


Um evento muito bom, que valeu a pena ter me deslocado de tão longe.

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Decepção


Sentir decepção por alguém ou um grupo é normal, natural da vida. E se for por um indivíduo de carater duvidoso, que infelizmente existem muitos no mundo, aí que sente mesmo.

Só que não tem decepção maior quando este sentimento é causado por alguém que se estima muito. Eu mesmo sou a prova atual de como isso é ruim, pois a pessoa em questão, eu amava muito. O problema é que suas atitudes e seu desprezo foram mais alto do que qualquer carinho que ela tivesse por mim.

Sinto dores fortes na barriga, uma tristeza enorme que parece que por mais eu tente, não passa. Engraçado: Nunca pensei que um dia ficaria assim por alguém. Um misto de angústia e depressão. Estou sentindo mal e não sei por quanto tempo isso vai durar.

Espero que passe logo, pois a vida continua...

terça-feira, 11 de maio de 2010

Dialogos Universitários 2010



Outro ano, outro dialogos na universidade... um evento que desde que entrei na Federal não deixo de ir. Só que desta vez, os Dialogos Universitários deste ano tava muito morno... não sei, talvez porque não entrei de penetra ou não fiz a minha inscrição de última hora. Ou então seja porque muitos dos meus amigos, que sempre se reuniam para fazer a farra na "boca livre" não apareceram.

Acho que foi mais importante foi a presença da minha amiga Luane. Amiga desde os tempos do 2° grau. Caramba o tempo passou mesmo, he, he, he... ela quase não recebia o prêmio, pois tinha perdido o papel. Todavia, como disse: Tava tão sem graça com aquilo tudo que até receber os brindes sem precisar mostrar alguma coisa tava valendo.

Não me empolgo mais com este tipo de evento como antes... sem lá! Acho que já estou virando um velho ranzinza. De qualquer forma, marquei presença para receber o brinde, que é este que estou na mão e com certeza vai mofar sem uso lá em casa sem uso; a boca livre, que nada neste mundo faria perder apesar de tá um pouco enferrujado para isso; e por fim, aproveitar e ver uma palestra, já que estava lá mesmo...


A palestra, que foi com Mauricio Kubrusly, até certo ponto foi interessante. Entretanto nunca tinha parado para prestar atenção no que falava antes... mas pelo menos ele falou de coisas muitas interessantes sobre a rotina, com o seu tema que... tá bem, quero enganar quem falando bem do cara!? Afinal, ele só fez enrolar com o que ele faz na Globo todo Domingo.

Achei que o Dialogo do ano passado foi bem melhor!? Pois este ano nem as famosas perguntas para Souza Cruz tiveram... ou então foram barradas como as minhas tão interessantes e importantes para ajudar a sociedade. Acho que no ano que vem eu nem vou.

domingo, 9 de maio de 2010

Aniversário de Buda


Dia 02 de Maio teve a comemoração do Vesak, festa que se celebra o aniversário do Buda mais famoso: O Buda Sakyamuni.



Ele se chamava antes por Sidarta Gautama e ficou conhecido por ter abandonado tudo: Riquezas, mulher e seu reino para tentar encontrar a sua iluminação. Atitude que já era difícil de alguém ter naquela época e hoje bem mais nesse mundo cada vez mais materialista.


Bem... hoje faz uma semana e achei muito interessante, pois consegui tirar fotos muito legais!! Além, é claro, desse vídeo aí em cima!

Foi uma festa muito boa e apesar de ter chegado um pouquinho atrazado, deu para curtir! Só fiquei triste por não ter tido como tirar uma foto com a Monge do Templo.

A festa aconteceu no Templo Budista de Olinda: O Templo Budista Fo Guang Shan. Este templo é de uma linha chinesa e muitos costumes de lá da China são transmitido para os devotos e os frequentadores. Espero conhecer também outra linha de budismo, como já conheço essa e mais ou menos a tibetana.

Eu achei muito linda as decorações e toda atmosfera do lugar. Quem tiver oportunidade de ir em algum templo desses, que vá! Pois é muito bom esta festa. Pena que agora, a festa do Buda, só ano que vem. Todavia ainda vale a pena fazer uma visita... sem contar, que este ano, ainda tem festas de outros Budas...

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Liliane



Essa aqui é minha amiga mesmo. Talvez uma das poucas que consegue me aturar 100%... (ou quem sabe seja até a única!)

Conheci Lili em 97. Na época eu estava no 2° grau e nós éramos colegas da classe. Estudamos no Centro Interescolar Santos Dumont, um colégio público que fica em Boa Viagem, bairro do Recife. Foi um tempo em que eu era muito mais fechado no meu mundo... e com certeza, acredito que ela teve um trabalho muito grande para tentar ser minha amiga.

Naquela época não era de ter muitas amigas... pensando bem, acho que até aquele momento, não tinha amiga alguma... já que tive a estúpida ideia de "comprar" uma forma de ser, em que anos atrás, alguém disse que eu era: Mau. Hoje, vejo como fui um tremendo imbecil, pois perdi muitas oportunidades dando uma de difícil a toa!

E acho que Lili, junto com outras amigas (que em breve falarei por aqui) me ajudaram a mudar esse tipo de comportamento. He, he, he... muitos momentos felizes passamos juntos naquela época. Talvez seja por isso que somos tão amigos até hoje. Liliane, muito estudiosa, tinha uma paciência muito grande em tentar me ensinar Química, Física, Inglês... só que as vezes, ela acabava fazendo os exercícios pra mim, hi, hi, hi... Um péssimo hábito, mas era feitos de coração... e eu, canalha... não negava!

Já magoei Lili demais... e por várias vezes! Porém, sempre ficava a me perdoar, pois nunca abandonou nossa amizade. É assim que faz dela muito especial. E por isso aqui é em sua homenagem: Pois hoje é seu aniversário!

PARABÉNS LILI!!!

Outros Trecos...