A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

terça-feira, 31 de maio de 2011

Navegando em Águas Misteriosas



Do nada resolvi assistir este 4º Piratas do Caribe, série que por muito tempo ignorei. Tá... assumo que não vi os outros antecessores por puro preconceito que tenho com os filmes da Disney, pois com este nome sempre associo com produtos infantis e assim, criou-se uma barreira preconceituosa com tudo que não é para este mercado. Mas de tanto ver as minhas amigas Polly e Camila falarem destes filmes que nesta vez, deixei este sentimento fútil de lado para poder analisar.

Nessa aventura Jack é forçado a participar de uma expedição que procura a fonte da juventude para coroa inglesa. Só que ele consegue fugir e tenta ao seu modo encontrar a tal da fonte. Logo descobre que uma pessoa que está passando por ele está recrutando homens para o mesmo objetivo. Ao tentar desmacarar o impostor e aproveitar a o seu barco, acaba descobrindo que ele na verdade é ela, que pior, trata-se de uma conhecida que já foi seu amor no passado: Angélica (Penélope Cruz). Nesse encontro descobre que ela é filha do lendário pirata Barba Ruiva, famigerado lobo do mar que está com os dias contatos e precisa da ajuda de Jack para conseguir o que almeja... assim desenrola a história. Não contarei mais para não estragar a surpresa.

Uma coisa que achei bem interessante foi o tema da película: Fonte da Juventude. Quem nunca pensou em tirar os anos das costas para poder ter de volta aquele gás que sempre temos quando jovens, principalmente adolescentes? Pois é... até eu mesmo com meus apenas 30 anos começo a pensar seriamente neste assunto. Tenho que reconhecer sou equivocado quando julgo um filme antes de ver e após assistir este, essa impressão ficou mais forte. É uma pena que no cinema, algumas partes cheguei até dormir um pouco, mas não porque estava achando tediante ou chato. É porque estava cansado por não ter dormido direito na noite anterior, he, he, he... é muito ruim quando isso acontece. Se por acaso ele depois de sair do circuito comercial for para alguns cinemas que costumo ir (como Parque, Apolo ou Fundaj), irei ver de novo.


Engraçado é que mesmo não sendo fã do Johnny Depp, percebo quantos filmes desse cara estou vendo ultimamente: O Turista, Alice... isso sem contar os que nem citei neste blog. De qualquer forma tenho que admitir que é um bom ator e que com exerção de uma película, não me arrependi de ter visto os seus filmes. Gostei tanto deste "Navegando em Águas Profundas" que finalmente decidir que vou ver as películas anteriores. Vendo o filme Príncipe da Pérsia e este, percebo que aquela forma caricata dos filmes da Disney que eu tinha quando moleque finalmente está sumindo... que bom!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hei! Cuidado com que você vai comentar...
Posso também vomitar na sua cara, infeliz!!!

Outros Trecos...