A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

domingo, 4 de setembro de 2011

Super-Con



Esta semana fez um mês que aconteceu este grande evento em Pernambuco, que é produzido pelo mesmo organizador do Anima Recife. Infelizmente só agora pude comentar a respeito sobre o assunto.

Este evento é uma evolução do antigo SuperHeroCon, que até um ano passado era exclusivo para cultura japonesa e principalmente os super heroís das séries com atores conhecidas por tokusatsu. Agora ele englobar tenta englobar toda a cultura pop. (ou pelo menos tentar, não é?)

Outra novidade é que será 3 dias de evento no lugar de 2, como foi no ano passado. E como eu estou neste ano indo para todos esses tipos de eventos para fazer a minha análise, não poderia de deixar de ir em todos os dias...

Não sei se vou fazer isso de novo.

Bem... no 1ª dia (Sexta Feira) estava muito parado, tinha pouca gente e quase não tinha atração. Talvez por ser a 1ª vez e na próxima isso fique diferente. De qualquer forma eu gostei muito porque passou o filme live action da Yamato, grande desenho de sucesso dos 70 e 80 que ficou conhecido por aqui por Patrulha Estelar. No final do dia teve um sessão com só animes clássicos: Shurato, Street Fighter 2 Victory e Sailor Moon... mesmo com auditório quase vázio, eu fiquei até o final.


No 2º dia a coisa começou a melhorar, pois além de está mais cheio, também atrações muito interessante e algumas até inéditas como a Banda Sinfônica do Recife, que talvez nenhum evento de anime (pelo menos no Brasil) já trouxe atração como esta. Eles tocaram músicas de filmes consagrados e de alguns desenhos animados (não japoneses).

Se tudo der certo, esse pode ser o início de uma grande parceira em eventos desse porte, onde quem sabe no futuro, toque também temas de videogames e animes... sonhar é bom. Engraçado que quando soube da notícia, pensei que quem iria tocar era Orquestra Sinfônica do Recife, mas esse é outro grupo.


Neste dia também teve antes uma demonstração de Artes Marciais, Cosplays, apresentações circenses e no final um show com um grupo do Sudeste que 1ª vez tocou por essas bandas: Ganji Sentai. Eles tocavam muito bem temas de animes e tokusatsus em versão metal, porém nada de excepcional. De qualquer forma foi legal e aprovo um possível retorno em próximas edições.

Também teve depois outro grupo de rock que não me lembro nome, que acabei não ficando até o final... pois aquele lugar é muito esquisito a noite e se demorasse mais, poderia perder o ônibus para ir embora. Então decidi não arriscar e assim que ouvi duas músicas, cair fora!

E finalmente no 3º dia, vi o que uma quantitade enorme de gente, onde mal dava para se movimentar, mostrando mais uma vez que já passou da hora de arranjar um pouco maior. Foi interessante, teve apresentações de mais Cosplays e com algumas com uma perfeição estupenda como essa do Príncipe da Pérsia.


No final teve 2 cantoras japonesas que encerram com chave de ouro, sendo uma delas que canta a música de uma das abertura de Cavaleiros. Estava com intenção de gravar a música toda, mas tive um problema com a câmera, onde só deu para gravar o final. Como gravei, coloquei assim mesmo apenas como registro.



Enfim, é isso... apesar de ainda está no início de uma nova fase, percebi que a evolução do evento realmente era visível, mesmo que ainda pouco. Se mudança iria aumentar depois, só o tempo para dizer. Agora de todos os pontos positivos, o único que não aprovei foi a proibição de entrada de comida. Acho muito anti-ético forçar o povo a se alimentar naquelas barraquinhas autorrizadas que cobra um verdadeiro assalto para lanches mixurucas... principalmente num lugar distante de tudo que não tem opções... patético.

Pelo menos foi bem melhor que o Brasil Anime Clube...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hei! Cuidado com que você vai comentar...
Posso também vomitar na sua cara, infeliz!!!

Outros Trecos...