A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

domingo, 27 de novembro de 2011

Feira Japonesa do Recife 2011



Hoje foi mais uma dia da Feira Japonesa do Recife, onde este ano foi a sua 15ª edição. Desde que tive conhecimento sobre ela em 2003, sempre estive presente e no próximo ano, caso eu for, será a minha 10ª participação do evento.

Diferente do ano passado, até que a edição de 2011 estava interessante para minha surpresa. Lembrou (um pouco) quando a feira japonesa parecia... uma feira japonesa. Por chegar cedo, conseguir visitar todas as estandes sem muito trabalho. E acho que este é o segredo: Chegar cedo, para poder ver as coisas com calma, em paz e segurança. A não ser que você não queira ver uma feira de verdade e sim uma versão nipônica do "Galo da Madrugada", para isso basta apenas chegar depois do meio dia.

Entretanto, apesar de ir logo no início, aquele horário já tinha um público considerado, principalmente na hora da cerimônia de abertura, onde vários representantes da organização se apresentam e a quebra do barril de saquê. Falando nisso, é notório no vídeo que fiz a falta de respeito que alguns mal educados tem na hora que cônsul está lendo um texto de abertura do evento. E isso já acontece em quase em todas edições... muito desumano desses caras principalmente quando o teor se referia da tragédia que aconteceu no início deste ano. É por causa de uns idiotas assim que a reputação dos brasileiros é tão mal falada, uma vergonha alheia. Na boa, eu sou a favor de tirar a quebra do saquê no próximo ano.


Bem, tirando os detalhes dos mal educados, o evento foi legal como já falei antes. Até a hora que fiquei (2 horas e meia) ele supriu todas as minhas expectativas. Mas eu vou ser sincero: Não estou com o mesmo entusiasmo que já tive em outrora. Talvez pelo menos para mim é hora de começar a conhecer coisas novas e deixar a Feira Japonesa para novas gerações. Entretanto pretendo ir em algumas outras edições antes dessa decisão, pois quem sabe no futuro as coisas mudem... vamos ver no ano que vem, que com certeza eu ainda irei.

2 comentários:

  1. Agradecendo o comentário lá no meu blog, cara.

    http://culturaemrede.wordpress.com/2011/11/28/feira-japonesa-do-recife-sofre-continua-descaracterizacao/

    Realmente é bom termos alguma esperança de que a Feira japa um dia talvez volte a ter os mesmos ares de antes, ou ao menos uma reformulação diante de tanta desorganização. Caso contrário, vai virar uma "fenearte" da vida, um evento mais preocupado com o comercial do que com o cultural. Esperemos pra ver...

    ResponderExcluir
  2. hsauhsuahsa eu nem fui para feira japonesa,e muito gente,muita gente chata,mal educada num respeita ninguém eu acho que deveria ser mais organizada uma coisa mais parecida com o japão,em são paulo mesmo e bem organizado acho que seria melhor se fosse no chevrolet halls e bem mais espaçoso cabr 48 mil pessoas da para andar,conhecer lugares bons,mais tem muita gente que sabe estragar um evento ¬¬

    ResponderExcluir

Hei! Cuidado com que você vai comentar...
Posso também vomitar na sua cara, infeliz!!!

Outros Trecos...