A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

O Turista



Eu estava ontem para assistir um filme no cinema, só que quando cheguei lá, resolvi assistir outro que é o tema deste postagem. Na verdade fiz esta mudança no momento da fila da compra do ingresso, quando esperando ser atentido, peguei um folheto com os filmes e li a sua sinopse.

Bem, a história do filme é mais ou menos assim: Uma bela mulher chamada Elise (Angelina Jolie) tem seus passos vigiados pelo inspetor John Acheson e sua equipe. O motivo é para tentar pegar Alexander Pearce, um sonegador de impostos de 700 milhões de libras que a 2 anos não se tem notícias. E essa mulher viveu 1 ano junto com ele antes de seu desaparecimento. Neste tempo ninguém sabe como está fisionomia de Pearce, pois ele passou por várias operações plásticas para escapar de quem os perseguem.

Pearce finalmente entra em contato com Elise através de um bilhete, onde pede para encontrá-lo em Veneza e que encontre alguém com tipo físico semelhante ao seu, para assim dispistar a polícia. E é nesse momento que entra o professor de matemática Frank Tupelo (Johnny Depp), que viajando sozinho, acaba entrando de gaiato na história. Seguindo as riscas as ordens do bilhete, Elise encontra com Frank, que viaja sozinho no trem. Atraído pela sua beleza, acaba aceitando sua oferta de ir até o hotel dela, assim que chega na cidade italiana. Porém não só a polícia que persegue Pearce, pois também um poderoso gângster que quer acertar as contas com o sonegador por ter-lo roubado 2,5 bilhões. E Frank acaba sendo alvo de tudo isso.

Bem... é isso: Não sou fã de Angelina e muito menos do Depp, mas confesso que fizeram um filme até que divertido e um ótimo passatempo para quer curti os 2. Entretanto não chega a ser uma obra de arte que se lembrada para todo sempre, pois tá mais para um daqueles filmes que passará excessivamente nas sessões da tarde quando chegar para a tevê. Outra coisa interessante é o fato de ser um filme de Johnny Depp com cara limpa depois de anos?! Não lembra em nada aquele chapeleiro maluco "protagonista" de Alice, por exemplo. Agora o que realmente me deixou perplexo foi a "Reversal Russa" do final, pois da mesma forma que o inspetor da película, eu não entendi foi nada. E até agora estou tentando entender o que de fato aconteceu.

Realmente, turista mesmo fui eu que inventei de ver este filme...

4 comentários:

  1. heheh
    Ele enganou muita gente... se fazendo de turista, qd na verdade era ele o cara procurado...sem falar da intuição de Elise...só em filme né não?

    ResponderExcluir
  2. Êita Spoiler, menina!? He, he, he...

    ResponderExcluir
  3. Esse filme realmente não é grande coisa. Tanto Angelina Jolie quanto Johnny Depp já fizeram coisas bem melhores que isso aí...mas mandando a real, você não entende porra nenhuma de cinema! Me desculpe, mas a sua "crítica" parece mais aqueles comentários de gente que fala "Nooossaaa, esse filme é muito bom prq é foda!" ou "Esse filme é lindo, prq aquela atriz é muito gostosa!". E Sessão da Tarde??? Não me lembro de ver filme de ação, ainda mais com Depp e Jolie no elenco passando em Sessão da tarde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário, mas o objetivo deste blog é comentar os meus temas favoritos e nada mais. Não tenho a obrigação de fazer uma "crítica séria" porque essa NUNCA foi a minha intenção, não tenho curso de cinema e nem qualquer coisa parecida. Se quer algo mais sério ou profissional, então procure pelos sites da "impressa especializada" e seja feliz.

      PS: precisa aprender a interpretar melhor o texto, pois essa parte da "Sessão da Tarde" você não entendeu foi nada do que eu quis dizer.

      Excluir

Hei! Cuidado com que você vai comentar...
Posso também vomitar na sua cara, infeliz!!!

Outros Trecos...