A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

sábado, 18 de abril de 2009

Crise Existencial


Ontem, quase perto da meia noite, acabo de voltar de uma confraternização da casa de um amigo. Lá, acabei encontrando uma pessoa que estimo muito, mas que ultimamente está diferente comigo: A sua enorme barreira acabou de me deixar tímido e sem ação, nem parecia que em outros momentos, nossa sintonia era tão boa.

Parecia como 2 estranhos.

Este inicio foi para mostrar um preludio de coisas estranhas que tá acontecendo com a minha vida. Eu sei que isso, para quem me conhece, é normal. Só que desta vez, a coisa parece mesmo séria.

Isso porque depois de madrugada, tive uma experiência não muito agradável com outra pessoa e deixou ainda mais paranoíco. Chegaria até a ser cômico, se não fosse trágico!! Começo a pensar se não tenho capacidade de sentir ou então tenho apreço por sofrer e querer coisas que aparentemente não estão alcançáveis, já que estou tendo uma das minhas piores crises e não sei como resolver este problema. Percebo que realmente sou diferente dos demais, visto que antes pensava que eu "só fazia tipo".

Só que depois de hoje...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hei! Cuidado com que você vai comentar...
Posso também vomitar na sua cara, infeliz!!!

Outros Trecos...