A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Meu Tio Matou um Cara


Finalmente comprei este DVD. Ele é o meu 1º nacional depois de um bocado americano e japonês. Pois é... critico os outros por não valorizar as produções brasileiras mas acabo fazendo o mesmo. Só que não queria comprar qualquer coisa, pois do mesmo modo que acho absurdo essa atitude brasileira de só valorizar o que é de fora, também é besteira ficar nesse bairrismo estúpido, olhando para o próprio umbigo com as coisas nacionais, independente se presta ou não. Esperei aparecer um com qualidade... e isso este filme tem de sobra.

A história começa quando Éder aparece na casa do seu irmão dizendo que tinha matado um homem. Duca, sobrinho de Éder, achou a história muito mal contada e acredita que ele é inocente. Ele tem certeza que o tio está assumindo o crime para livrar a namorada, Soraya, que é ex-mulher do morto. Então ele resolve por conta própria investigar para conseguir provas de sua teoria e assim, tirar seu tio dessa enrascada.

Paralelo a isso, Duca também quer conquistar o coração de sua amiga de infância Isa, mas ela parece estar mais interessada em Kid, o garoto meio disperso, mas bastante extrovertido. Tendo ajuda dos dois amigos, ele vista seu tio na cadeia, contrata um detetive e dá de cara com a tal de Soraya. Um filme muito bom que faz você ansioso a próxima cena. A 1ª vez que vi foi no cinema e não sabia nada dele, fui mais pelo nome... nem sabia que se tratava de uma comédia, só soube na hora. Tiro no escuro é muito perigoso, todavia as vezes somos surpreendidos. E isso que aconteceu com "Meu Tio Matou um Cara".

Um filme muito bom que eu não canso de assistir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hei! Cuidado com que você vai comentar...
Posso também vomitar na sua cara, infeliz!!!

Outros Trecos...