A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Meu Desejo mais Secreto


Aproveitando o dia de hoje (e toda a atmosfera que se é criada) vou contar uma história que aconteceu comigo no ano passado, não tenho certeza da data, mas acho que foi em Setembro.

A embalagem do Sonho de Valsa guardo até hoje

O local era Shopping Tacaruna, não me lembro o motivo de está lá, mas era algo que precisava fazer. Tinha ido no supermercado pra comprar algo para mim, meu dinheiro tava todo contado.

Bem, estava numa boa na fila quando de repente aparece uma garota muito apressada que pediu um favor para mim: que quando fosse a minha hora de passar no caixa, que passa-se junto uma compra dela, que era um queijo (não me lembro que tipo, parecia do reino não sei).  Eu distraído, de bom grado concordei... ela ficou tão surpresa pela minha cordialidade que resolveu me acompanhar na fila. Foi aí que nesse momento o distraído aqui reparou como ela era bonita: uma ruiva mais ou menos da minha altura e muito simpática.

Ela ficou toda sorridente ao meu lado e eu calado na minha. Engraçado que naquela hora bateu um sentimento que nunca passou na cabeça antes: imaginei que eramos um casal e que estávamos juntos fazendo compras. E isso me deixou bastante feliz... um júbilo maravilhoso, de se sentir vivo que a muito tempo não sentia.

Que coisa maluca, não?

Fiquei assim até chegar o momento do caixa, quando na hora ela viu um Sonho de Valsa naqueles doces que estrategicamente fica perto e pegou. Aí depois ela perguntou se o que iria comprar tava com dinheiro todo certo, eu disse que sim, então pegou o meu dinheiro e pagou tudo (as minhas compras e as dela) no cartão. Depois agradeceu deixando o Sonho de Valsa, eu a lembrei e ela disse que era presente. Fiquei meio sem reação, mas com uma sensação boa. Nem perguntei seu nome e nunca mais a vi.

Quando ela foi embora, fique-me a pensar... eu gostei, não dela em si, mas da sensação que a trouxe junto, foi um sentimento muito raro para mim, fiquei pensando com os meus botões e na hora veio um pensamento que nunca passou antes na minha cabeça: de como eu sou sozinho... sério! Eu então com 31 anos tinha reparado como estava velho e ainda não tinha ninguém, nunca tive namorada. Sempre fui uma pessoa introspectiva desde novo, até gosto de ser assim, porém tem horas que isso me frusta. Isso porque sou muito tímido, timidez essa que já chegou de nem conseguir falar com alguém do sexo oposto. Hoje estou melhor, consigo falar com as mulheres numa boa, porém só quando não tem interesse no meio, porque se tiver...

Por isso o contato com essa garota fez eu pensar sobre o assunto, pois revelou um desejo tão secreto até para mim: um lobo solitário que sempre gostou de ser assim só, descobriu que nem ele quer ficar sozinho.

6 comentários:

  1. Uau. Corajoso você, compartilhando coisas tão pessoais. Também já pude experimentar alguns momentos assim especiais. É uma sensação realmente única.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Tulipa, pelo menos uma coragem eu tenho, né? He, he, he...

      Obrigado pelo comentário, beijos!

      Excluir
  2. Esse tipo de sensação é de fato maravilhosa!
    lee

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito, quando temos alguém assim na nossa vida, tudo parece valer a pena.

      Beijos Roberta, abraços!

      Excluir
  3. Cara, eu tinha esquecido de ler o texto que vc me indicou pessoalmente pelo bate-papo do face e só fui ler agora! Mas, como disse a Eliza, "Uau"! Muito bom o texto, eu me senti transportado pro seu lugar ali na fila ao lado da guria, sentindo as mesmas coisas que vc descreveu! Muito bom o texto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente... Naquele dia tinha me sentido tão vivo e tão feliz que guardo a lembrança daquela menina pra sempre na memória, mesmo sabendo que as chances de reencontrá-la sejam quase nulas.

      Quem sabe se um dia ela encontrar este blog, ha, ha, ha... Abraços!

      Excluir

Hei! Cuidado com que você vai comentar...
Posso também vomitar na sua cara, infeliz!!!

Outros Trecos...