A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Aparências Enganam...


Minha cara de poucos amigos...

...Mas o Preconceito Permanece

Sabe, uma coisa que sempre percebi e que hoje nem me incomoda é que eu não tenho padrão de beleza que a sociedade acha como ideal. Em outras palavras, sou feio mesmo. Tá, não chego a ser aquele bicho horroroso que só de olhar dá náuseas... entretanto sou daquelas pessoas que  passa despercebida na multidão, por ter uma beleza nula.

Isso até gosto, pois não gosto de aparecer, acho legal entrar nos lugares e sair sem ser percebido, tipo um fator ninja. Só que nem sempre isso é visto com bons olhos, principalmente eu que tenho mania de observar as coisas (e sendo feio, se veste mal e com uma barba monstro, só piora).

Lembro bem que por andar desarrumado já me deu problema quando mais novo: logo no inicio do Shopping Guararapes em 1993, teve um segurança que queria me colocar para fora de lá achando que eu era um moleque de rua. Por ser mestiço e ter um péssimo hábito de me arrumar, é muito fácil confundi com uma pessoa negra (etnia essa descriminada ao longo da história brasileira) e taxar logo de um possível delinquente.

Ontem aconteceu de novo: estava num local na minha quando de repente um policial começou a me abordar com a série de perguntas um pouco estranhas, a cada resposta que dava, ele fazia mais como se quisesse me pegar na mentira. Eu fiquei muito pvt0, pois estava lá porque fui convidado e a pessoa em questão não tinha culpa, porém o dono do estabelecimento parece que tava meio desconfiado, talvez pela minha cara feia, boné e barba de mendigo. Fiquei tão mal com a situação que acabei não tendo vontade de sair de casa hoje de manhã, tive que postar sobre o assunto porque essa sensação ruim tava me incomodando.

É triste que ainda nos dias de hoje as pessoa te julgam pela aparência. Depois não sabe porque são roubadas por gentes bonitas brancas bem vestidas que só usam roupa de grife.

Obs: não gosto de comentar a respeito desse papo de etnias, como a pessoa se veste ou algo parecido, pois vejo as pessoas iguais, não tenho essa frescura. Entretanto vivemos num país onde a sua imagem vale muito mais que suas ações, principalmente no Brasil que esse assunto é velado.

Obs 2: quando falo que uma pessoa desarrumada se confundi com uma pessoa negra, não estou dizendo que todo negro anda desarrumado, mas que para uma classe dominante isso são sinônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hei! Cuidado com que você vai comentar...
Posso também vomitar na sua cara, infeliz!!!

Outros Trecos...