A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Dor, a Epifania mais Antiga


Nesse dia saiu tanto sangue que tive uma epifania.

Pois é... se não bastasse a minha mãe internada, agora sou eu com problema de saúde. O que parecia apenas um inchaço numa área , começou a estourar e aparecer em outros no lugares. No começo eu não me preocupei tanto, fui ao médico e ele me receitou um antibiótico que logo fez efeito. Só que nesses últimos dias o problema voltou com mais força deixando muito mal e preocupado.

Isso está me afetando profundamente, pois a dor é tão insuportável que tive que ficar a maior parte do tempo em casa, prejudicando a já conturbada volta aos estudos. Realmente acredito que pela quantidade de falta é bem provável que serei reprovado... entretanto, não desistirei assim tão facilmente, enquanto puder ter a possibilidade de reverter o quadro, isso eu farei.

Ainda não sei o motivo que ocasionou tudo isso, visto que sou um marmanjo velho sem dinheiro e muito menos sem plano de saúde, mas quando tiver oportunidade tentarei descobrir indo... sei lá, em algum hospital filantrópico. No momento o problema se instabilizou novamente e agora espero que desta vez seja em definitivo. O que aprendi com isso? Que a saúde é importante e que a gente só dá valor quando se perde... mas isso é tão natural quanto morrer, infelizmente o ser humano é assim mesmo e não aprende nunca.

Um comentário:

  1. Pois é... cada dia que passa, isso fica bem pior. Eu começo a pensar que fui abduzido por alienígenas ou então sou uma experiência mal sucedida dos cientistas que injetou algum vírus zumbi em mim. Se minha saúde melhorar 100%, prometo que agora irei tratar todos muito bem, até meus desafetos. Do jeito que estou, qualquer coisa tá valendo...

    ResponderExcluir

Hei! Cuidado com que você vai comentar...
Posso também vomitar na sua cara, infeliz!!!

Outros Trecos...