A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Está escrito no Dicionário



Numa discussão banal com uma amiga, entramos no campo sobre a existência real da palavra "cachorra". Isso por ter chamado o seu animal canino fêmea com este nome e ela não gostou e disse que era "cadela".

Isso foi nada demais... se ela não falasse com tanta veemência que eu estava errado que até eu acreditei realmente que estava.

Depois de olhar vários dicionários e não encontrando... comecei achar que sua fala tem fundamento. Até que encontrei no antigo do meu pai e vi que existe sim a palavra CACHORRA, mostrando a ela que tava errada. Tirando esta discussão totalmente inútil, o que eu aprendo com isso???

Que tenho que ter mais confiança em mim, pois mesmo quando estou certo, perco a confiança por causa do entusiasmo e eloquência do meu opositor. E isso não é a 1ª vez que acontece e infelizmente não será a última.

Bem... é isso que aprendi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hei! Cuidado com que você vai comentar...
Posso também vomitar na sua cara, infeliz!!!

Outros Trecos...