A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

domingo, 20 de julho de 2014

Amizade Virtuosa: A Busca


Amizade: algo complicado para mim

Amizade... Algo tão complicado para mim. Complicado porque sou uma pessoa muito difícil de lidar e também porque o ser humano é um bicho complexo. As experiências que tive são o exemplo.

Tempos atrás encontrei pela Internet uma manauara muito legal que aos poucos me cativou, sendo mais tarde uma das melhores amigas que já fiz. Em diversas confidências pelo Face, parecia que conhecia de muito tempo. Pensei que tinha encontrado aquela amizade que é pra vida toda. Pois é, mas o tempo passou... Seu humor mudou, desilusões pessoais tanto minha quanto dela fez com que nos afasta-se cada dia mais. Ficou estranha, pensei diversas vezes me aproximar... Minha tentativa mais ousada foi de ir a Manaus para vê-la pessoalmente, mas isso foi como xeque-mate na nossa amizade.

Fiquei triste, sofri muito... Mas acho que tá na hora de sacudir a poeira e dá volta por cima. Ela não foi a primeira a me decepcionar e com certeza não será a última. Talvez que eu procure nas amizades que esteja errada. Minha professora de filosofia disse uma vez pra mim que a forma que as pessoas são "amigas" na atualidade que está errada, pois não se liga pela virtude, ou seja, o que cada indivíduo tem mais de bom. Amizade pela virtude é a amizade ideal e também mais difícil de se fazer. Quem tem uma amizade assim, guarde com carinho pois vale ouro. Devo ter pelo menos 2 ou 3 pessoas que pode se encaixar perfeitamente nessa categoria.

Segundo Aristóteles, existe 3 tipos de amizade: de utilidade, do prazer e da virtude. Tanto de utilidade quanto do prazer não são ruins, mas seus elos são muito fracos. Amizade útil seria aquela que você vê utilidade naquele amizade, tipo alguém influente em alguma coisa que você almeje. A do prazer não é necessariamente relacionado a cunho sexual, mas esse pode ser também incluído. Um exemplo de uma amizade assim é alguém que você sente prazer de conversar, entre outras coisas. O problema desses 2 tipos de amizades é que quando utilidade ou prazer terminam, elas perdem seu valor. Amizade pela virtude você se liga pela pessoa é, pelo seu caráter. Boas são as pessoas que cultivam esse tipo de amizade, pois ela não morrem.

Continuam a minha busca por amizades assim... Para a menina nortista: que ela encontre seu caminho e que seja feliz. E se alguma dia querer se reaproximar, estarei de braços abertos. Posso decepcionar com algumas amizades que achava que eram verdadeiras, mas nunca com a amizade em si.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hei! Cuidado com que você vai comentar...
Posso também vomitar na sua cara, infeliz!!!

Outros Trecos...