A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

100 anos sem Machado de Assis



Hoje faz 100 anos que Joaquim Maria Machado de Assis faleceu. Ele que é considerado o melhor escritor brasileiro de todos os tempos, era atemporal, isto é, que permanece atual independente do contexto que nosso mundo se encontra.

Bem... acho que isso é que quase todo mundo já está cansado de ouvi a respeito de Machadinho, não é? A nova agora é que ele chegou até prever a internet, vi isso numa reportagem na tevê.

Machado, que pode ser o 1° "Michael Jackson" brasileiro, isto porque escondia pelo menos indiretamente o seus traços negroídes... e já teve um ataque histérico ao ouvi de um subordinado uma ofensa do tipo:

"negro escravocrata"

He, he, he, mas ninguém é perfeito, né? O que ele fez para literatura brasileira não se pode desconsiderar... afinal, para quem escreveu artigos, contos, peças entre outras coisas, esse xilíque não é nada. Ainda não li um livro dele todo, sei que é uma vergonha admitir isso, todavia quando ler comentarei aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hei! Cuidado com que você vai comentar...
Posso também vomitar na sua cara, infeliz!!!

Outros Trecos...