A LONGA CAMINHADA (Não Necessariamente Para o Oeste)

domingo, 21 de dezembro de 2014

E o vlog? [PILOTO]



Depois anos procrastinando, minha primeira tentativa de fazer um vlog (ou não). De forma bem rústica, não sei se esse será o formato final, mas... tá aí!!


Olhando bem, cara! Nunca tinha reparado como sou tão feio. 

Ha, ha, ha... Agora cumpro uma promessa de uma sugestão feita pela amiga Polly Queiroz. Vamos ver se vai pra frente ou se vai ficar só nesse... Só tenho dirá!

E falando em vídeo, tenho que colocar o da Feira Japonesa deste ano, que o evento já aconteceu a bastante tempo e ainda nem comentei, estou atrasado. Vou ver se coloco ainda esta semana.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Lola Melnick


Ano acabando e parece que não tem nada de interessante nas bancas... Até que fico sabendo que a capa da Playboy deste mês é a Lola Melnick.

Tive conhecimento dessa russa já alguns anos, num canal de YouTube em que a dona só vivia a falar mal da Ellen Rocche. Lá a doida que ridicularizava a Deusa Suprema (inveja com certeza), também endeusava essa outra loira (talvez era lésbica, vai saber...) com um monte de vídeos pegos da tevê, uns até direto. Tinha um que ela participava do Programa do Jô. Lá via que, apesar de estrangeira, falava até muito bem com um sotaque quase imperceptível. Bem interessante...

Lola, que na verdade se chama Olga, é uma garota muito bonita e muito deliciosa. Essa dançarina nascida na Ucrânia da então ex-União Soviética, antes de chegar ao Brasil passou em vários países como França, Argentina e Chile. Filha de um diplomata, saiu da terra natal com 14 anos e foi morar em Paris. Aprendeu a falar francês, inglês, espanhol e português.

Bem, já faz um bom tempo que não compro esse tipo de revista. Não sei se é a idade, porque esse tipo de publicação tá com os dias contatos ou porque temos a Internet com suas imensas possibilidades. Mas com a edição dela fiquei tentado a comprar, já que ela é muito boa...

É, fiquei tentado... mas já passou.

sábado, 6 de dezembro de 2014

Bela e a Fera finalmente assistido


Depois de 23 anos finalmente assisti, e ainda nos cinemas. Tirando um pedaço aqui e ali, nunca tinha parado pra ver... Até que estava passando nas redes Cinemark e eu resolvi aproveitar a oportunidade, gostei. Antes tarde do que mais tarde. Estava predestinado assistir pela primeira vez apenas na tela grande, ha, ha, ha...


O mais legal é que foi em 3D, achei muito melhor do que o do Rei Leão.

OBS: Nunca tinha visto a imagem alguma da Fera na forma humana antes de hoje. Queria ter a surpresa na hora.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Porque não sou Masculinista


Masculinismo: um mal necessário

Por que você não é Masculinista?

É uma pergunta que muitos vendo as minhas críticas ao feminismo e ao machismo pode chegar, entretanto vendo bem o que significa "ser um masculinista" de fato, pode entender o porquê de eu não ser. A quem diga que ele é o machismo com outra cara (que não deixa de ser verdade se levar em consideração que o feminismo também é machismo e o femismo idem), mas para fins didáticos... Não.

O masculinismo foi uma resposta ao feminismo, não com a intenção de anular o movimento, mas de mostrar onde as feministas erraram. Por isso não é estranho que um dos maiores representantes desse prematuro movimento é um ex-feminista: Warren Farrell. Em outras palavras, na teoria masculinismo é o feminismo numa perspectiva masculina.

O que era pra ser uma luta por igualdade, o feminismo começou a ter uma linha misândrica, o que fez muitos homens que apoiava (e até mulheres também) a desvincular do movimento. Em resposta na época, muitas ditas "feministas de verdade" não concordava com essa linha e dizia que ela não representava a ideologia como um todo. Entretanto hoje dia, vemos muitos movimentos feministas (principalmente nas redes sociais) a voltar a olhar com bons olhos esse tipo de raciocínio, em que leva no deboche os problemas masculinos e propaga o ódio. Não é difícil encontrar termos como "ozomi", "mascus", "males tears"... entre outros quando é levantado a questão masculina nas injustiças que socialmente acontecem. O masculinismo luta contra as desigualdades que as feministas esqueceram, fingem não ver ou simplesmente não ligam. É fato que a sociedade oprime a mulher em certos aspectos, mas privilegia em outros. Privilégios esses que acaba prejudicando o homem.

O masculinismo, assim como feminismo, tem muitas vertentes duvidosas, mas no geral o movimento quer que temas de extrema importância para nossa sociedade seja também focar nos homens como a saúde, a violência domestica, a custódia dos filhos, entre outros assuntos. Olhando assim parece por movimento legítimo e bom, a quem diga que é um movimento de igualdade de fato. Só que tenho as minhas dúvidas...

 E vou explicar o porquê:

Quando vejo algum movimento que luta pela igualdade, mas exalta um lado, eu não vejo com bons olhos... E por isso que eu sou anti-feminista, já que discordo categoricamente desse tipo de luta "igualitária". E logo sendo antifeminista e entendendo de verdade o que significa ser masculinista, tenho que ser anti também com ele. Afinal, não é porque sou homem que vou aderir um outro movimento só porque exalta o meu gênero, pois se assim fizesse, estaria caindo na mesma armadilha das mulheres com o feminismo. E é por isso que muitos homens que tem posturas masculinistas não aceitam serem chamados como tal, apenas isso, não é por vergonha como já li em certos blogs feministas. Confesso que encontrei sites bons sobre o tema com bons argumentos que por um momento cheguei a cogitar que estava virando um, mas não, vi que se tomasse essa postura, só alimentaria mais essa guerra de gênero que é o pai de todas essas linhas de pensamento: o sexismo.

Homens e mulheres tem fraquezas e virtudes, e é isso que nos faz de nós fascinantes, pois somos como complemento um do outro. Penso que essas rixas entre gêneros só vai acabar quando percebemos que somos como aquele símbolo Yin-yang, ou seja, que cada um tem um pouco do outro e que por isso não tem como destitui totalmente de um sem que acabe levando uma parte de você também.

Bem, é isso. Vejo que o masculinismo é uma ideia boa, porém com o tempo vai repetir os mesmos erros que o feminismo moderno, que é arranjar desculpas para agredir o sexo oposto. Só que enquanto o feminismo continuar sendo visto como "algo bom", o masculinismo é um mal necessário, infelizmente.

sábado, 15 de novembro de 2014

Como um Fênix


Assim como Ikki, a página retornou dos mortos

Num ano em que boa parte dele não deu muito certo para mim, pelo menos uma coisa fez ele todo valer a pena: a "recuperação" da minha página no Facebook. Entre aspas mesmo porque essa recuperação não é necessariamente o retorno da antiga página (que inexplicavelmente o Face excluiu) e sim uma página nova que fiz reutilizando o endereço "biglui".

Quando a perdi no início de 2012, fiquei muito pvt0 com a situação, pois além de não conseguir recuperar-la, tinha aparentemente perdido o endereço "biglui" que antes era do meu perfil pessoal e tinha transferido para a página. Eu podia criar outra página com outro endereço, mas não: por protesto não fiz e resolvi criar uma no Google Plus. Pelo jeito a atitude foi a correta, pois ontem pela manhã resolvi do nada criar uma página e quando tentei colocar o antigo endereço, ela... pegou!!

Foi muita emoção, fiquei tão feliz que vou fazer até uma promessa de não reclamar da vida durante um ano... Pensando bem, acho melhor fazer isso não.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

‎Gabriella Mitarashi


Hoje é o aniversário de uma amiga que fiz já algum tempo pela Internet, na verdade já faz 5 anos. Conheci ainda no tempo do finado ORKUT, quando usava várias contas para devidos fins. Na época, enjoado com as minhas amizades comuns, resolvi ir atrás de amigas que tivesse "esferas avantajadas no tórax"... Só que por causa experiências não tão boas passadas, fui procurar com um perfil falso, ou como o povo gostava de falar "fake". Era comum fazer listas e mais listas de meninas que seguia esse padrão (o ORKUT tinha isso) para poder bisbilhotar mais tarde, e como na época não tinha essa "fotos privadas", aí que era maravilha. E como elas gostava de se exibir, ai, ai... Só que eu percebi que tinha certos tipos de perfis que adicionava esse tipo de menina em massa. Geralmente era um homem, mas colocava imagem de alguma garota que tinha adicionado. Era os famigerados perfis de Decotes alguma coisa!!

Gabi como sempre seduzindo todo mundo nas suas fotos... Ai! Ai!

Aí num desses perfis de decote, vi um álbum em que tinha várias garotas abusando de decotes matadores. Belas, é verdade, mas nada assim que chamasse muita atenção... até que... MEU DEUS!! O que era aquilo??? Não vou me mentir, meu coração acelerou... custei a acreditar que tamanha exuberância existia também por aqui em terras tupiniquim (que antes só tinha visto em minas estrangeiras). Custei a acreditar e a princípio até pensei que se tratava de Photoshop. Entretanto, como cada foto tinha o nome embaixo, resolvi procurar nas amigas desse perfil se tinha essa tal de Gabriella Mitarashi, pois custava a acreditar que existia um perfil mesmo.

Só que eu achei e... não que ela tem aquilo tudo mesmo!? Fique de queixo caído e ainda custava a acreditar. Entretanto isso não é nada perto quando você observa pela webcam, aí percebe que o babado é quente (e provavelmente ao vivo deve ser ainda melhor, entretanto ainda não tive esse azar). Mas antes disso acontecer, rolou muita coisa, como de eu ficar bisbilhotando seu fotolog, de não sei como eu me aproximei (hoje nem lembro mais como foi) e também que demorei a me apresentar com a minha verdadeira identidade (afinal estava usando o meu perfil alternativo no site). Todavia tirando a minha tara previsível, percebi com o tempo que ganhei mais uma amiga que gosta da minha presença, de falar bobagens entre outros, uma amigona mesmo!!

Hoje Gabi é uma das poucas amigas que consigo conversar de tudo numa boa, sem censura. Talvez por ter uma mente aberta, principalmente para aqueles assuntos não recomendado para menores de 18 anos. Seu jeito bem humorado sempre consegue me tirar das minhas fossas regulares... Também pudera, vive me trollando, ha, ha, ha... Bem, é isso. Venho aqui com essa humilde postagem nesse famigerado blog parabenizar o seu aniversário, de seu amigo que mora longe, mas que guarda bem perto, pertinho, no seu coração... Parabéns!!

Vídeos do Senhor Bigghu

Loading...

Big Lui em outros lugares... (WordPress)

Big Lui em outros lugares... (Tumblr)

Outros Trecos...

  • Badoo de Corno - *Eu:* Fui entrar ontem e apareceu uma mensagem dizendo que a minha conta foi bloqueada por violação das regras ou termos e condições de uso. Gostaria de ...
    Há 4 semanas
  • Kristina Milan - Esta aqui já conheço algum tempo, mas nunca tive a oportunidade de falar dela por aqui... mas agora estou redimindo dos meus pecados, he, he, he... Krist...
    Há um ano
  • Copista: Uma forma válida de Evolução - Sabe, uma forma de melhorar os próprios desenhos é copiar desenhos de outros. Sério, uma cópia não é uma coisa tão mau quando se faz com essa intenção. Um ...
    Há um ano